24/09/2017

RESENHA #57 - ”O DESPERTAR – UMA SAGA EM DOIS ATOS“ (LITERATURA NACIONAL) - MALENO MAIA

LIVRO:”O DESPERTAR – UMA SAGA EM DOIS ATOS“ (LITERATURA NACIONAL)
AUTOR: MALENO MAIA
EDITORA:GIOSTRI
PÁGINAS –320
1ª  EDIÇÃO 2017
CATEGORIA: ROMANCE
ASSUNTO: ROAMNCE/DRAMA
ISBN: - 978-85-8108-697-2



CITAÇÃO:”Uma luz por mínima que fosse, parecia querer adentrar aquela janela, que sempre esteve de cortinas fechadas” (pág. 144)

ANÁLISE TÉCNICA:

-CAPA-

Toda azul com uma bailarina dançando e sua sombra sentada no chão com as mãos na cabeça.
A capa condiz muito com o enredo do livro, apesar de achá-la simples.
Feita por Vitor Lugoboni Faria.

NOTA: 4,00 de 5,00

-DIAGRAMAÇÃO:

Folhas amareladas com letras pretas medianas.
Conteúdo: dedicatória; sumário; prefácio; dividido em duas partes: 1º ato e 2º ato; poslúdio. Os capítulos tem títulos com letras grandes. Dentro dos capítulos as divisões são feitas com asteriscos.
É uma diagramação simples, porém eficaz.
Feita por Angela Leão.

NOTA: 4,50 de 5,00

- ESCRITA:

Narrativa descritiva em 3ª pessoa desconhecida, com diálogos dinâmicos e linguagem contemporânea de fácil entendimento.
A única coisa que incomodou durante a leitura é a repetição dos termos: VISTO QUE  e HAJA VISTO (A), merecia uma revisão melhor e o uso de termos semelhantes.
Revisão feita por Fábio Costa.

NOTA: 3,80 de 5,00

CITAÇÃO:”[...] E como se sabe, sol é sinônimo de vida e sua luz resplandece nas pessoas os sentimentos mais entusiastas.[...]” (pág. 148)

SINOPSE:

“Um casal jovem, começando a vida em comum, passa por maus bocados quando o marido e uma das filhas gêmeas são sequestrados. O tempo passa e as marcas deste triste acontecimento não são esquecidas, reforçadas todos os dias pela lembrança. Mas a vida ainda surpreenderá muito Helga, a filha Helena e a matriarca Roseli, que de repente se veem de novo em meio a uma roda-viva de acontecimentos inesperados.”


RESUMO SINÓPTICO:

JORGE era empresário, dono de um restaurante que herdou da família.
HELGA recém formada em administração com apenas 23 anos, casada com Jorge e grávida de gêmeas.
ROSELI é mãe de Helga e a apoia em todos os momentos.
Após alguns meses do nascimento de HELENA e HELOÍSA, eles decidem se mudar do Rio de Janeiro para o interir de São Paulo, onde poderiam dar uma vida mais tranquila para as filhas e poderiam ficar mais perto de ANTÔNIO, irmão mais nnovo de Helga e Camila, esposa dele.
A empresa contratada para a mudança era de Ariston, um conhecido da damília que havia trabalhado um tempo atrás como empreiteiro.
Dona Roseli iria depois de vender a casa onde criou os filhos e construiu ao lado do marido.
Jorge, Helga e as meninas iam no opala branco e Ariston viria em seguida com a mudança.
A viagem transcorria com tranquilidade até que no meio da estrada, dois homens deram com a mão pedindo ajuda para consertar o carro que estava quebrado. Helga pediu a Jorge que não parasse, pois não conhecia os homens, entretanto, como gostava de ajudar as pessoas, foi ajudar os homens...Quando se abaixou para olhar o motor, foi atacado por um dos homens e da mata saiu uma mulher em direção ao carro onde Helga estava e sequestrou uma das crianças, Heloísa.
Helga ficou dentro do carro desesperada com Helena chorando muito. Como Ariston vinha logo atrás com o caminhão da mudança, viu o opala branco parado no acostamento e foi acudir Helga que chorando muito, pediu que a levasse de volta para cada da mãe.
Dona Roseli a acolheu e escutou todo o acontecido. Helga ficou arrasada, em depressão profunda. Deram parte na delegacia, porém a investigação não andava, não tinham subsídios suficientes, nem provas contra nenhum suspeito.
O tempo foi passando e Ariston sempre dando apoio a Helga. Sem notícias de Jorge e Heloísa, foram dados como mortos. E após uns dois anos, Ariston acaba casando com Helga, ela ainda abalada, mesmo sem grande amor por ele, aceitou, pois ele tinha o maior cuidado com Helena e a tratava como filha.
Após 14 anos de relacionamento Helga não aguentava mais as grosserias de Ariston e resolveu aceitar o convite do irmão mais velho João, casado com Liliane e tinham João de 5 anos, para passar uns dias no Rio de Janeiro e descansarem um pouco. Helga aceitou e partiu com Dona Roseli e Helena, que adorava o primo.
Foram convidadas para assistir u evento musical de uma banda local. Quando a banda começa a tocar, Helena fica extasida ao olhar para o palco e ver uma garota igual a ela cantando...Chama a atenção da avó que fica desconfiada e ao lado de João e Helga passam a buscar mais informações sobre a moça Janaína cantora... A partir daí muitas reviravoltas e fatos inesperados acontecem...

CITAÇÃO: “- Quando a gente se predestina a realizar algo, focalizando-o indubitavelmente, outras coisas muito importantes acabam se esquivando.” (pág. 271)

ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTOR:

Claro que o resumo feito não é metade de todos os acontecimentos que se desenrolam durante todo enredo desse livro que é maravilhoso!
Primeiro ficamos compadecidos com todo sofrimento da mãe que perde o marido e uma das filhas, uma tristeza profunda. Em seguida ficamos estupefatos com a descoberta da outra filha viva e ainda mais surpreendidos por saber quem era o responsável por toda aquela tragédia e quando achamos que tudo está desvendado, mais reviravoltas e mais mistérios sendo revelados e olha que chocam.
Não tem como não ficarmos tensos durante o decorrer da leitura e intrigados, o que não nos deixa largar o livro um segundo apenas, tornando a leitura algo viciante e profunda. Os sentimentos são tão diversos, é uma verdadeira viagem na roda gigante, onde momentos ficamos tristes, em outros surpresos, alguns felizes e tensos durante cada página virada.
A ideia do livro é muito bem elaborada, as personagens muito bem construídas, cada uma com seus detalhes e personalidade definidas, não tem como não nos sentirmos envolvidos com toda a trama e dramas que se desenrolam.
Como tenho orgulho de nossos autores nacionais que tem uma criatividade inquestionável e nos proporcionam leitura de qualidade, onde nos envolvemos totalmente, vivenciando junto com as personagens todos os sentimentos e fatos por que passam. Tenho certeza que qualquer leitor vai se identificar com a leitura, porque vários temas são abordados, como: confiança, vida familiar, criação, amizade, traição... tudo que acontece em nossa vida real.
Já sabem o quanto sinto dificuldade em colocar os sentimentos em palavras quando gosto muito de uma leitura e por isso, posso até nem estar conseguindo demonstrar o quanto esse livro é bom, porém saibam que é um livro importante para todos e que recomendo muito.
É o segundo livro do autor que leio e muito feliz em ter a oportunidade, embora os estilos sejam diferentes, a essência criativa é a mesma.
É um livro eletrizante, intenso, carrego de sentimento e que mistura ficção com realidade, de acordo com as palavras do próprio autor. Traz um geande ensinamento de vida.
Gostei também porque o final ficou todo fechadinho, sem nenhuma ponta solta, com todos os mistérios desvendados, todas as repostas e dúvidas respondidas e claro, final feliz! Adoro livros com finais felizes!
Leiam! Não se arrenpederão!



NOTA : 4,70 DE 5,00


CITAÇÃO: “Por fim, tentamos harmonizar os nossos amores, harmonizar a nossa arte e ter orgulho do que construímos. A última canção é a mais curta, porém a mai intensa.” (pág. 304)

SOBRE O AUTOR:

Resultado de imagem para ESCRITOR MALENO MAIA


MALENO MAIA é pseudônimo de Manoel F. Santos. É evidente que para ser um grande escritor, antes de qualquer coisa, devemos ser grandes leitores; é isso que M. F. Santos foi desde a sua infância. Apaixonado pelas ciências exatas, com formação superior em Química, também é um apreciador da literatura, e logo percebeu que poderia estabelecê-la também como uma profissão. Os romances sempre o encantaram e é o seu estilo literário favorito, onde pôde, um dia, enfim, concretizar um trabalho dessa vertente. Agora, realiza o sonho de compartilhar com os leitores esse romance histórico.

Exemplar cedido pelo autor.

CHEIRINHOS
RUDY


18 comentários:

  1. Ola Rudy!!
    Fiquei imensamente interessada em ler o livro, que por sinal dever ser muito bom, gosto muito de livro com dramas familiares, fico imaginando o quanto a Helga sofreu nesse livro com tantos acontecimentos, gostei muito da dica com certeza vou ler!!

    ResponderExcluir
  2. Que linda resenha!
    Eu não conhecia o autor, nem o livro. Mas, fiquei muito encantada por suas palavras.
    Parece ser o tipo de romance dramático que deixa a gente no chão de tanta complexidade e encantamento.
    Já quero.
    bjssss

    ResponderExcluir
  3. Oi Rudy.
    Adorei sua sinceridade, os termos repetidos também me incomodam muito, gostei da premissa a capa é interessante e eu fiquei bastante curiosa para conferir.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Amo livros com dramas familiares e o enredo parece ser muito bom.
    Também fiquei encantada com essa capa simbólica 😍😍😍

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha.
    Adoro livros com dramas familiares.
    Gosto também do fato de você estar sempre trazendo resenhas sobre livros nacionais para seu blog. Isso é muito importante!!

    bjos

    ResponderExcluir
  6. Ótima Resenha! e estou interessada na leitura deste livro

    ResponderExcluir
  7. Parece ser um ótimo livro com um tom dramático pelo jeito. Realmente os autores nacionais estão cada vez mais provando que são capazes de nos trazer ótimos livros. Em relação à revisão, realmente é uma parte que tem que ser mais valorizada, infelizmente sabemos do alto custo disso, mas também é essencial.

    ResponderExcluir
  8. Olá Rudy!
    Que historia em, fiquei petrificada com trama. Dever ser uma dor insuportável ver que sequestraram umas das filhas dela para longe de seus braços. Amei a historia e espero poder ler porque realmente haverá muitas lagrimas né!

    ResponderExcluir
  9. Fiquei curiosa em conhecer mais a história. Parece algo que realmente nos desperta o interesse pela leitura, por misturar casos que realmente podem acontecer na vida de qualquer pessoa com ficção. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  10. Esta também foi a primeira vez que vi esta obra, e ainda não conhecia o trabalho do autor, mas confesso que pela sua resenha da para notar que a trama e eletrizante, cheios de acontecimentos, uma situação normal acaba se tornando algo ruim e triste. Fiquei curiosa para saber qual será o desfecho da estória, por isto pretendo sim ler este livro.

    ResponderExcluir
  11. Ola Rudy!!
    Fiquei imensamente interessada em ler o livro, que por sinal dever ser muito bom.
    Parece algo que realmente nos desperta o interesse pela leitura.
    amo livros assim
    ja coloquei ele na minha lista de leituras

    ResponderExcluir
  12. Oi! Não conhecia o autor, mas o livro parece ser bom, com personagens bem construidos e uma história bem elaborada, apesar de não gostar muito de termos repetidos, fiquei curiosa para ler essa história.

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o autor, mas pela sua resenha o livro parece interessante. Se tem algo que me cativa são livros que abordam família e amizade, e que tratam esses temas com a devida importância. O mistério ao redor só tudo ainda mais instigante. Personagens bem construídos são a cereja no topo do bolo.

    ResponderExcluir
  14. Oi Rudy!
    Não conheço o autor e suas obras, mas pelo tema e resenha o livro e a escrita parecem excelentes, espero uma oportunidade de conhecer melhor ambos.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Resenha maravilhosa que nos deixa com uma vontade imensa de ler o livro. Dramas familiares, suspense, tramas a serem desvendadas, reencontros, e mais que faz com que o livro seja mais um dos desejados. Quanto à literatura nacional, estamos com muitos bons escritores despontando e espero que muitos mais venham ainda.

    ResponderExcluir
  16. Que história!! Um verdadeiro drama ter a sua filha sequestrada e ficar sem notícias. Uma grande reviravolta na vida dessa família no dia da mudança. Fiquei muito empolgada com a história e torcendo para um reencontro em breve entre mãe e filha.

    ResponderExcluir
  17. Adorei a resenha, todo esse mistério e reviravoltas. Já quero esse livro!

    ResponderExcluir
  18. Que história surpreendente!! Vemos que a narrativa dos acontecimentos nos chocam um pouco, pois o ser humano sabe ser mau!! Mas que bom que tudo dá certo no final!! Também adoro final felizes!!

    ResponderExcluir

Adoro ler seus comentários, portanto falem o que pensam sem ofensas e assim que puder, retribuirei a visita e/ou responderei aqui seu comentário.
Obrigada!!
cheirinhos
Rudy